terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Merry Christmas Prosperity, Love, ou como algumas pessoas perderam de vez a noçao do ridiculo

É acachapante a capacidade de algumas pessoas em se oferecer aos braços do ridiculo. É ainda mais espantosa a sem cerimonia que acompanha esses mergulhos enlouquecidos.

Acabo de ver um vídeo na internet que se alguém me contasse, mesmo nesse mundo louco e conturbado que vivemos eu não acreditaria porque é tão patético, mas tão patético que pensei em sair correndo pela Marcos Penteado nesse exato momento gritando palavras desconexas.

Nana Gouveia (quem?) Resolveu deixar uma mensagem de Natal aos seus fãs, (leia-se homens solteiros sem mulher em casa que fazem da masturbação sua prática mais contumaz). Nessa mensagem bilingue!!!! Ela diz platitudes sem sentido e faz o que mais sabe fazer, mostra seu corpo numa pretensa dança sensual.

Nana Gouveia jamais será uma mulher sensual pois sua burrice impede que ela seja sequer considerada não retardada, quanto mais, sensual. Sua dança envolta em roupa de mamãe noel comprada em algum Sex Shop barato é de uma ruindade atroz. Seria muito melhor se ela estivesse de burca.

Para além do ridiculo que ela mesmo resolveu passar o que fica é a pergunta: Por que as pessoas gostam tanto de se expor na internet? Por que se colocar de forma tão absurda?

Se o bjetivo era falar do natal porque uma roupa que a deixa com a bunda de fora? E por que uma dança sensual? Erotizar o natal é a melhor forma de celebra-lo?

Como diria Renato (chato) Russo, "vamos celebrar a estupidez humana..."

Tudo bem, Nana Gouveia só será lembrada pela bunda que um dia já foi bonita, nada além disso, mas para que essa exposição sem sentido? Ok, é divertido ver pessoas abiloladas se fodendo, mas acho que nesse caso ao menos, a questão é muito mais sobre ter dó do que qualquer outra coisa.



É isso.

Ouvindo: Buena Vista Social Club
Postar um comentário