domingo, 8 de outubro de 2017

Hoje eu briguei com você (um post para Rafaela)



Antes de mais nada, hoje, brigando com você, filha, descobri porque gosto tanto de Beyonce desde que ela lançou esta canção. Colocarei a versão legendada para que você entenda que cada palavra que ela diz, é o que eu gostaria de dizer para você é o  que eu dizia para você quando você era apenas a minha bebe de colo, mas ainda hoje é o que eu sinto, cada vez com mais força. 


Mas hoje, eu tive que brigar com você. E te disse palavras que te entristeceram eu sei, mas entristeceram muito mais a mim por ter que dize-las, acredite. Eu queria poder compor apenas poemas em seu favor e proclamá-los aos quatro cantos do mundo. Eu queria dizer o quanto você é especial, linda, inteligente ao extremo, o quanto você me faz feliz. Eu queria que de minha boca só saíssem palavras belas, as mais lindas que eu soubesse para te elogiar. Mas hoje eu tive que ser duro com você e como me dói, Rafaela ser duro com você. Como me dói.

Tudo que eu queria era o seu abraço e seu melhor sorriso pra te devolver com o meu melhor sorriso também, embora o meu sorriso seja prejudicado por questões bucais que fogem do escopo do post. Sabe, filha, as vezes como na canção de Beyonce, muitas vezes parece que o mundo vai desabar em minha cabeça e lembrar de você me alegra, me anima, me faz continuar.  Quando lembro do seu sorriso, quando lembro de você pequenina pedindo pra eu te jogar para o alto, comendo uma vebola crua inteira só pra não voltar atras por ter pedido, quando lembro de você tirando notas altíssima na escola, tocando seu violino tão lindamente, quando lembro de você primeiro dizendo que queria ser médica, depois estilista,enfim, tanta coisa né? Quando lembro da minha Rafaela, que foi tão desejada, tão amanda desde o primeiro momento, eu sinto e percebo que preciso continuar  a lutar ainda que o mundo resolva desabar de fato ao invés de só parecer que vai.

Quando eu sei que você vai para a minha casa, tal qual o Pequeno Príncipe, se eu sei que você vai chegar as 20:00 as 18:00 eu já começo a ficar inquieto e feliz. Não fiz muitas coisas boas na minha vida Rafaela, a maioria dos meus feitos são absolutamente descartáveis, mas você... ... que orgulho tê-la feito. Não cabe em mim o orgulho que sinto de você ainda que  a gente brigue tanto que você faça coisas que eu reprovo que me entristeçam. Ainda que tudo isso aconteça,  você é meu motivo maior de alegria, de felicidade. Ainda que você  vá embora brigada em um Domingo de manhã e eu fique ali, no meu carro, parado, triste, sem saber  o que pensar e dizer, você é o meu encanto, a minha melhor parte, a minha melhor canção.

Tive que tomar medidas duras a seu respeito e você sabe quais são. Tive que fazer o que não gosto e serei firme no que disse a você. É preciso, necessário para o seu crescimento. Mas nunca esqueça o quanto te amo, nunca duvide do quanto te amo e nunca deixe de buscar forças neste amor. Eu poderia ser um pai melhor, poderia ter feito mais por você, fui falho, sou falho e provavelmente ainda falharei muito. Mas te amo de uma forma tão despudorada, tão intensa que nada mais importa.

Morrerei te amando, Rafaela, não importa o que aconteça e não importa os caminhos que você trilhe. Mas a partir de hoje te corrigirei da forma que for preciso, mas sempre estando ao seu lado. 

A você, todo meu amor sem medida.

É isso.

Ouvindo: Beyonce
Postar um comentário