domingo, 4 de março de 2018

Cristianismo Gourmet (Pare De Enfeitar Sua Timeline e Parta Para a Ação)


"A musica Cristã antes era um cara e um violão tentando levar as pessoas a Deus. Hoje é Deus e uma música levando as pessoas a um cara"
João Alexandre


Que época maluca esta que vivemos. Oremos pela Síria! Oremos pela Somália! Oremos pelo Curdistão... Ops, Devo estar louco né? Oremos??? Claro que não!!! "Pray for" Por incrível que pareça, as palavras de ordem são assim mesmo, em Inglês, ou seja, Pray for. Crente bom, é crente bilíngue, não essa coisa de falar apenas a sua língua. Que conversa mais boba.

Todo mundo agora é evangélico. Parece que é algo ligado a moda, coisa assim. Ouvir Cantores e cantoras que cantam bobagens sem a menor correspondência teológica, que incitam as pessoas ao erro com suas letras medíocres e sem sentido. Ontem ouvi uma expressão muito feliz. Na verdade quem ouviu foi minha mulher no culto que foi ontem e me repassou. "pessoas estão vivendo um Cristianismo que pensa que a vida com Cristo é tomar uma limonada daquelas bem geladinhas, saborosas. Ledo engano. Cristianismo e chupar o limão, meu amigo" Cara, que definição mais feliz esta. Cristianismo é chupar o limão, de fato, mas eu acrescento ao que ouvi: Hoje vive-se um Cristianismo Gourmet.

Cristianismo Gourmet, o que seria? Simples. Aquele Cristianismo  em que o Cristão, doravante denominado cliente, busca uma igreja que atenda as suas expectativas de vida. Que fale dos assuntos que ele quer ouvir, da forma que ele quer ouvir, sem agredi-lo com verdades inconvenientes, levantando bandeiras simpáticas, falando de forma branda, suave, amigável ao coração, nunca a alma. Coração este enganador! Igrejas cada vez mais se assemelham a lojas onde os clientes comprar a mercadoria que melhor lhe aprouver e algumas, "sabiamente" oferecem a custumização com um discurso feito sob medida para alguns grupos para que se forem dissidentes, sejam dissidentes dentro do seu próprio arraial, sem que os insatisfeitos tenham que ir para outras paragens.

Falei da Síria no início do post. Hoje uma febre nas redes (anti sociais). Sim, é lamentável o que se passa por lá. Triste demais e qualquer Cristão que se preza deve sim colocar não apenas a Síria mas todo o Oriente Médio em suas orações. Mas ficar postando fotos chocantes nas redes tem um efeito maior em Deus? Ele se compadece mais pelas orações dos crentes com "consciência social" que ficam berrando sobre um assunto que não dominam (no caso a geopolítica daquela região) do que daquele irmão que vai a seu quarto e apenas ora pelos que sofrem?

Orar pelos Sírios e fechar o vidro do carro quando um mendigo pede por pão: Aqui esta a essência do Cristianismo Gourmet que sacia o coração daqueles que escolhem uma causa para parecer legal, para mostrar o quanto é Cristão para consumo externo. Orar pela Somália e postar nas redes sociais pedidos de orações por lá e não ajudar a família necessitada da igreja que você frequenta? Que conversa mais torta é essa? Ajudar a Síria e outros lugares distantes afetados por guerras, genocídios e que tais e não dar de comer ao faminto que mora na rua ao lado da sua? Mandar o cara trabalhar porque é um vagabundo e chorar com crianças mortas por um ditador? Compaixão seletiva é coisa de Cristão Gourmet.

Um observador mais atento dirá: Você nem vai a igreja meu querido (Lembrei da Vitória agora, meu querido... kkkkkkkkkkk) como pode estar falando tudo isso. Sim, não vou e a tendência é que eu vá cada vez menos porque cada vez mais as igrejas, independente de suas denominações estão "gourmetizando" suas crenças para que a demanda pessoal de seus fiéis não sejam desmerecidas ou afetadas os afastando dali. E se uma voz tímida, la no fundo da nave, tenta se opor, a toda essa encenação do que é  a coisa mais simples que já existiu, no caso o evangelho de Cristo que se resume a "amar a Deus sobre todas as coisas e ao seu próximo como a si mesmo" essa voz logo é enquadrada no evangelho "sabor de mel", um a subdivisão do Cristianismo Gourmet que prega que quem não está ao seu lado esta contra você e vai se ferrar de verde e amarelo quando o Eterno voltar a esta Terra. Alias, o Eterno voltará a um grande palco, onde alguns cantores farão a abertura do espetáculo do grande show da volta de Jesus. Então ir a igreja física para mim, tem sido pouco interessante.

Em tempo. Você realmente esta preocupado com a Síria? Vamos organizar um grande abaixo assinado, captar, 1, 2 milhões de assinaturas que pressionem o Governo Brasileiro a condenar o regime de Bhasar A. de forma clara e vamos também pressionar este mesmo governo a cumprir sua promessa de receber refugiados Sírios de forma massiva em nosso país. Muito mais efetivo que ficar compartilhando textos bobajosos sobre o que acontece na Síria. Dá trabalho? Dá! Mas eu imagino que quem fala tanto na Síria esta de fato preocupado com o o que ocorre lá, não em enfeitar a sua timeline  né?

É isso.

Ouvindo: Leonardo Gonçalves

Postar um comentário