segunda-feira, 28 de maio de 2007

Desrespeito

Ai um encorporador entrega um emreendimento nas nossas mãos. Pegamos este empreendimento e transformamos em um sucesso absoluto, ou seja, em menos de seis meses de comercialização restam menos de cinco unidades para se vender.

As obras vão começar e o estande é demolido, até ai normal é assim que se procede. Fim do decorado, fim das facilidades. Sabemos reagir a isso, ou seja, sem facilidades vamos vender do mesmo jeito.

Agora, o que nos irrita, emputece mesmo, pelos comigo faz querer botar tudo a baixo é a falta de respeito com o corretor.

Disse no inicio que fizemos um sucesso, sim fizemos, e era nossa obrigação mesmo até ai tudo bem. Não queremos muito obrigado como eu já disse, preferimos nossa parte em grana.

Mas o minimo do minimo a gente quer sim, eu quero!!! Chegar em um plantão e nao ter água, não ter banheiro não ter perspectivas do empreendimento... My Gosh!!!!!! perspectivas são o beaba o fundamental de qualquer plantão por mais ordinário que seja. Nessas horas, nossa profissão é rebaixada a categoria de lixo do lixo. Me sinto o coco do cavalo do bandido. é inaceitavel.

Adianta reclamar? Não. e isso é o pior de tudo. Se não tivessemos vendido loucamente o produto ok, eles poderiam dizer que é uma punição, por mais idiota que isso fosse, afinal uma justificativa idiota é melhor muitas vezes que justificativa nenhuma.

É isso.

Ouvindo, Madredeus, Foo Fighters.
Postar um comentário