quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Alguém que não sabe ler

Eu me envergonho dos meus erros de digitação aqui neste espaço mas me orgulho de ter uma certa fluência que me permite expor meus pensamentos de forma que outras pessoas possam ter a eles acesso (só pode faltar sexo pra essas pessoas, nada mais explica essa leitura inutil).

Mas eu não consigo conceber alguém que não saiba ler. Simplesmente não consigo. E se não sabe ler, muito provavelmente não sabe escrever também o que para mim é ainda mais aterrador.

Vivemos em um País que infelizmente ainda tem grande parcela da população que não tem acesso a escrita e leitura fluentes. Nosso ex presidente mesmo era pouco mais que um analfabeto funcional, fruto de um sistema escolar (ainda) falido que não consegue entregar educação formal a toda a sua população.

Professores cometem erros crassos de português e não asbem fazer contas simples. Outro dia atendi uma professora de matemática de uma universidade conhecida aqui em São Paulo. Ela dá aula no curso de Adm de Empresas dessa escola e não sabe! é, não sabe!usar uma HP12c. Como assim? Curso de administração + professor = alguém habilitado a usar uma 12c não? Parece que não...

É vergonhoso que nossoas crianças e mesmo adultos estejam nas mãos de pessoas tão incompetentes que no máximo os fazem ler e escrever mas os priva do mais imnportante: A compreensão do texto.

Enquanto isso, na maior universidade do Brasil, um punhado de maconheiros quer ter o direito de fumar livremente pelo campus, sem a persença da policia a os importunar... What? Então o campus e o Crusp viraram lugar de queimar uma erva em vez de produzir pesqueisa cientifica de qualidade e preparar os melhores cerebros para o mercado de trabalho?

Esse maconheiros deveriam se oprganizar em mutirões de ensino e em vez de apertar um ajudar alguém a compreender melhor o mundo através da escrita e leitura.

Obviamente é utopia achar que jovens mimadinhos se prestem a tal papel, mas o nosso País só será um lugar melhor quando a educação for realmente universalizada e cenas como a que vi hoje, que me cortam o coração, um senhor no mercado, com uma listinha que alguém havia escrito para ele tentava comprar suas mercadorias pois as letras para eles nada mais eram do que grandes Godzilas assustadores enfileirados de forma disconexa.

Até quando vamos achar isso natural? Fim dos tempos? Fim do mundo é a gente que pensa achar que isso é normal!

É isso.

Ouvindo: My Utmost for His Highest
Postar um comentário