sexta-feira, 23 de junho de 2017

falando sobre pedro bial



sinceramente não dava 10 e uma cocada para o programa de entrevistas do pedro bial. expectativa 0, achava que seria uma bosta suprema, pois alguém que fica tantos anos conduzindo bbb não deveria em minha opinião, ter estofo para algo que prestasse ainda que minimamente. me fodi! é o melhor programa de longe,  de entrevistas da tv brasileira aberta e mesmo da fechada.

bial tem timing. é educado com os entrevistados, não arrota conhecimento desnecessário e não se ancora em boçalidades para fazer a platéia rir e ainda não o vi usar o entrevistado como matéria prima para que ele, bial brilhe. biel tem finesse e não se furta de "apertar" os convidados quando precisa mas o faz de forma tão natural e educada que nem parece estar fazendo.

mas o que faz bial grande como entrevistador é o seu estofo intelectual. um conhecimento sólido que flui de forma natural conforme ele desenrola a  entrevista. sem afetação, sem querer ser mais do que é, bial conduz o entrevistado e o conecta com a platéia e a audiência de forma a torna-los parte integrante da entrevista. um tom de voz sempre correto torna a entrevista agradável,  em contraponto aos decibéis  a mais desnecessários de danilo gentili pra ficar em um exemplo.

alias bial já estreou em um patamar tão superior aos seus concorrentes que nem cabe qualquer tipo de comparação.  bial é o entrevistador por excelência, seus concorrentes são humoristas alçados ao posto de entrevistadores que não conseguem se livrar do ranço do stand up o que muitas vezes faz com que seus entrevistadores virem meros expectadores daquele que o entrevista.

claro que bial tem suas falhas qualquer programa tem. o tom deverás austero de seu  cenário não creio eu ser o mais adequado,  bem como o formato que poderia ser ligeiramente mais dinâmico, acelerado mesmo, mas isso me parece mais  o costume com o programa de seus concorrentes que tem uma edição bem mais ágil.

mas o grande trunfo de bial é sem dúvida alguma a diversidade de sua cultura que lhe permite falar sobre praticamente qualquer assunto sem sustos e o coloca em um patamar extremamente confortável para versar sobre assuntos diversos. bial também não se furta a opinar e a tentar, na maioria das vezes com sucesso, arrancar opiniões de seus entrevistados. no final das contas, um programa que para mim nasceria fadado ao fracasso, nasceu vitorioso. não sei os números do ibope e nem me interessam na verdade, mas o produto é de primeiríssima qualidade e é isso o que importa,

vida longa bial e seu programa.

é isso.

ouvindo: beyoncé
Postar um comentário